Made in Japan Restaurantes Japoneses Hashitag Henshin Mangás JBC AkibaSpace BMA

Restaurante japonês = sushi?

tensushi

Fotos: Henrique Minatogawa

É engraçado como o tempo vai passando e alguns costumes vão se transformando. Há 20 anos, existiam poucos restaurantes japoneses em São Paulo, e a maioria estava no bairro da Liberdade, onde se encontravam seu público-alvo: japoneses ou seus descendentes. Sabe o que era servido nesses restaurantes? Comidas de festas ou aquelas que eram complicadas de reproduzir em casa, até porque conseguir ingredientes importados ou peixes frescos era um tanto complicado. Além disso, fazer festa dá trabalho e, nessas datas, o que queremos é nos divertir, ou seja, ir ao restaurante era uma ótima solução.

Os tempos mudaram e os hábitos alimentares também. Se antigamente sair para comer era exclusividade para ocasiões especiais, hoje as pessoas se alimentam fora de casa praticamente todos os dias. Com essa mudança, os restaurantes também foram se adaptando. Pratos como sushi, que era comemorativo, viraram do dia a dia, e pratos do dia a dia, como o karê, ficaram requintados.

Para entender melhor, é só pensar no consumo de peixe cru, que antes era um tabu e restrito ao público oriental e hoje está tão presente que existem mais casas de rodízio de sushi do que de carne. Muitas pessoas ainda acham que japonês só come peixe cru e que restaurante japonês se resume ao rodízio. Os pratos também se adaptam e se transformam, às vezes tanto que é bem capaz que um japonês sequer identifique um sushi do Brasil como sushi.

Hoje, existe um movimento para resgatar os antigos restaurantes japoneses focados em pratos que fogem daqueles servidos em rodízios. Há quem diga que o sushi brasileiro virou “comida brasileira com cara de comida japonesa”, já que as variações são tantas que a essência do sushi se perdeu. Há também quem continue procurando os sabores mais tradicionais e casas que resistiram a todas essas mudanças.

A vida é assim, cheia de mudanças e adaptações. Há espaço para todos, desde os tradicionais aos adaptados, então não deixe sua preferência pessoal atrapalhar suas experiências e impedir novas descobertas. Lembre-se de que nem todo restaurante japonês serve o sushi ou rodízio, abrace o momento e descubra uma “nova” cozinha japonesa. 

H17_luisyscava2
LUIS YSCAVA é graduado em Tecnologia em Gastronomia pelo Senac, com especialização em escolas da Suíça e Tailândia. Iniciou a carreira em restaurantes no Japão e soma ao seu currículo a vivência em países da Europa e Ásia. Atualmente é consultor gastronômico e chef do Hidden by 2nd Floor.

Mais posts de Luis Yscava, clique aqui