Made in Japan Restaurantes Japoneses Hashitag Henshin Mangás JBC AkibaSpace BMA

Perfil do Chef: Yoshio Mizumoto

yoshio_mizumoto

O chef Yoshio Mizumoto está à frente do Meu Udon há pouco mais de seis meses e tem como missão mostrar que a comida japonesa não se limita ao sushi e ao sashimi e que o udon também é bastante apreciado no Japão.

Ele trocou o escritório pela cozinha depois de viver por 19 anos no Japão. Ao voltar ao Brasil, caiu no mundo da gastronomia quase que por acaso.

Começou testando as receitas em casa porque sentia falta do udon do Japão. “Lá, eu comia udon pelo menos três vezes por semana”, lembra.

Decidido a aprender como fazer o próprio macarrão, passou a usar as horas vagas para colocar a mão na massa.

Até encontrar a proporção ideal dos ingredientes, o paulistano testou diferentes receitas com muitos tipos de farinha e até de águas distintas. “A qualidade da água também altera a qualidade do macarrão”, revela o chef ao contar que teve ajuda de um amigo (chef de um restaurante de udon no Japão) nesse processo de aprendizagem.

“Comecei distribuindo o macarrão entre os amigos expatriados do Japão para ter opiniões diferentes, e um deles sugeriu que eu começasse a vender”, comenta. Aproveitou o espaço do comércio de um familiar e resolveu investir em um novo negócio: o restaurante “Meu Gohan”, que funcionava apenas aos sábados e domingos.

meuudon_enrolar
A massa precisa descansar por pelo menos 20 horas até que esteja pronta para ser aberta

Três meses depois, Mizumoto foi convidado para fazer parte do Espaço Kazu, no bairro da Liberdade, em São Paulo. Surgiu, assim, o “Meu Udon – Loja Kazu”, ao lado da adega de saquê e do café, no segundo andar da casa. (Falamos mais sobre o Meu Udon aqui)

O empreendimento é o único de São Paulo especializado no macarrão artesanal do tipo “sanuki udon”, que é o mais popular do Japão.

“Cada região do país tem variações próprias do prato – tanto no sabor do caldo como no do macarrão –, mas o sanuki udon, típico da província de Kagawa, é um dos mais conhecidos”, explica o chef, “e é feito com um macarrão mais consistente, porém, macio”.

Sobre o Meu Udon



Obrigado por nos acompanhar. Siga a Hashitag também pelo Instagram @hashitag.