Made in Japan Restaurantes Japoneses Hashitag Henshin Mangás JBC AkibaSpace BMA

Otsumami: petiscos de verão

otsumami-verao-mesa-full
fotos: Ricardo Miyajima; agradecimentos: Atelier Hideko Honma (cerâmicas) e família Zuccas (locação)

A culinária japonesa ainda guarda muitos pratos que são desconhecidos pela maioria dos brasileiros, especialmente as receitas para se apreciar com bons goles de cerveja ou uma bebida preparada com saquê, em um fim de tarde descontraído na companhia de
amigos. Por isso, que tal aproveitar a temporada de calor para experimentar um menu que é a cara da nova estação? Confira as opções de comidinhas leves que selecionamos para o nosso pequeno banquete servido à beira-mar.

Os variados petiscos que acompanham uma cerveja bem gelada no Japão, chamados de “otsumami”, costumam ser simples e saudáveis, mas nem por isso menos apetitosos. São geralmente pratos sem grandes cerimônias, mas com um saboroso contraste de texturas dos ingredientes frescos e vegetais da estação que formam o casamento ideal com um singelo onigiri (bolinho de arroz). Em diversos estabelecimentos de São Paulo, a maioria localizado no bairro da Liberdade, os petiscos japoneses têm um cantinho ao Sol
garantido neste verão. Saiba onde comer os pratos clicados na nossa produção.

otsumami-verao-yakitori-karaague-full

Porque Sim Yakitori House

Quem nunca provou, precisa conhecer o legítimo yakitori [1] oferecido nesse estabelecimento. O tamanho do espeto japonês é menor do que o churrasco brasileiro, mas isso não é problema diante das infinitas possibilidades cobertas por molho teriyaki presentes no cardápio. Tomate com bacon, batata com manteiga, frango com cebolinha, salmão, carne e coração de frango são algumas delas. Se você ficar perdido diante de tanta variedade, a sugestão é o combinado de 10 espetinhos que custa 20 reais, em que a escolha das opções que serão servidas fica a cargo do chef. Outra boa pedida é a porção de tori karaague [2] (frango frito temperado com shoyu e saquê) por 14 reais para acompanhar uma loira gelada.

Bar Kintarô

Há 18 anos, o pequeno e discreto barzinho no bairro da Liberdade atrai nikkeis e não-descendentes para se sentarem no balcão,
que além de saquê, shochu e cerveja serve deliciosos otsumami como sunomono [3] (salada avinagrada de pepino, algas e polvo),
kimpirá gobô [4] (refogado de bardana com cenoura), dobradinha, pururuca, dashimaki (omelete a moda japonesa). Uma porção que pode misturar até dois tipos de petisco custa 8 reais. Para acompanhar as misturas, a casa oferece onigiris com umê, missô ou sem recheio por 3 reais.

otsumami-verao-petiscos-full

Espaço Kazu

Acertou na mosca aqueles que associaram o nome do novo estabelecimento à casa de lámen homônima, situada na mesma rua. Em apenas um endereço, o Espaço Kazu é composto pelos ambientes Kissa Café, Go! Go! Curry!, Kazu Sake Emporium e Bistrô Kazu Express e foi criado com o objetivo de popularizar a comida japonesa no Brasil. Para um happy hour de verão não pode faltar uma porção de edamame [5] (soja verde tenra), por 10 reais, ou quem preferir algo mais encorpado pode pedir um ague dashi tofu [6] (tofu frito com molho dashi) feito na hora por 18 reais. Caso a vontade seja tomar um saquê importado no Kazu Sake Emporium, não deixe de experimentar o exclusivo daikon sembei [7] (fatias de nabo cru com folha de shisô e pasta de umê) que custa 10 reais.