Editora JBC Made in Japan Hashitag Mangás JBC AkibaSpace BMA

Irashaimase

meishi etiqueta
Foto: Rafael Salvador/ Nikko Fotografia

Os japoneses são conhecidos pela educação e respeito ao lidar com os outros. Esses valores aparecem em diversas situações do cotidiano, formando aquele conjunto de regras de conduta chamado de “etiqueta”.

No Brasil, geralmente as pessoas têm contato com um lado dessas regras, que é o de saber se comportar como visitante de um estabelecimento japonês.

Neste especial, porém, mostraremos algumas dicas para quem será anfitrião de japoneses no caso específico de restaurantes. Note que muitas dicas funcionam para outras situações também.

Cartões de visita

A troca de cartões de visita é um pequeno ritual. Se o chef tiver contato direto com os clientes, a possibilidade de isso acontecer é grande.

Para começar, é fundamental ter alguns em local de fácil acesso. Na hora da entrega, o correto é fazê-lo com as duas mãos, com o nome virado para o cliente, de modo a facilitar a leitura. Receba o cartão do cliente também com as duas mãos. Leia o cartão por alguns instantes para memorizar nome e cargo da pessoa.

Nunca esqueça o cartão na mesa, no balcão ou em outro local.

freeimages quatro etiqueta
Freeimages

Número 4

Assim como o “13” no Ocidente, o número “4” é considerado de azar no Japão por estar associado à morte. Portanto, evite esse número ao definir quantidade de itens que serão servidos.

Pode parecer exagero, alguém mais conservador (ou supersticioso) pode reparar. Se for o presidente de uma empresa…

Oshibori

São as “toalhinhas quentes”, muito utilizadas no Japão para limpar as mãos antes da refeição. Além de oferecer um conforto familiar, é um método higiênico, já que alguns alimentos poderão ser consumidos com as mãos.

Hora certa

Japoneses são mundialmente conhecidos pela pontualidade. Se tiverem um compromisso marcado, chegarão antes do horário para não deixar o anfitrião esperando.

Reciprocamente, se você for esse anfitrião, deixe tudo pronto no horário combinado.

Saudações

Na entrada do cliente, a saudação típica japonesa em estabelecimentos comerciais é “irashaimase”, que significa “bem-vindo”. Na saída, o agradecimento é “arigato gozaimashita”.

Hashi

Os hashis devem ser dispostos paralelamente à borda da mesa.

hashi_etiqueta
Foto: Rafael Salvador/ Nikko Fotografia

Cuidado com o japonês

etiqueta saque

Exceto se dominar muito bem o idioma, não tente falar em japonês com um japonês. Provavelmente ele começará a falar muito; caso não seja compreendido, lhe causará confusão.

Alguns podem relevar, mas outros podem considerar desagradável.

Palavra de especialista

É recomendável – se não óbvio – que o chef tenha conhecimento da origem de seus ingredientes, especialmente os peixes.

Clientes japoneses geralmente gostam de saber detalhes como procedência e sazonalidade.

Bebidas

Japoneses são grandes apreciadores de bebidas como vinho, whisky e saquê (este, obrigatório em um restaurante japonês). Portanto, é sempre bom contar com algumas opções dessas bebidas – seja em seu estabelecimento, seja em seu repertório de indicações.

Consultoria por Sunny Koike, supervisora do setor de eventos da agência Quickly Travel.