Made in Japan Restaurantes Japoneses Hashitag Henshin Mangás JBC AkibaSpace BMA

Gosto pela fotografia

marcio_palermo_fotografia_culinaria
fotos: arquivo pessoal

Passei grande parte da vida trabalhando em agências de publicidade e comunicação, e desde que me conheço por gente, sou apaixonado por fotografia. Nas agências, trabalhei com grandes nomes da fotografia e sempre admirei os trabalhos que envolviam fotografia. Até que em uma das agências em que trabalhei, de design de embalagens, tive um contato maior, profissionalmente falando, com a fotografia, pois volta e meia precisávamos criar mockups ou apresentações de produtos, e eu era o único da agência que entendia um pouco mais do assunto, além de já possuir um equipamento profissional.

Sempre fui um autodidata na fotografia e por amar leitura, pude estudar detalhadamente qual a área que escolheria para me dedicar, pois a essa altura já havia decidido parar de trabalhar em agências e viver apenas da fotografia.

Enveredei pela fotografia publicitária, de produtos, que me atraiu pela técnica envolvida e, após passar um período fotografando joias, tomei gosto, literalmente, pela fotografia de gastronomia. Fechei uma parceria com um site de gastronomia e além dos meus trabalhos, todas as semanas havia algo diferente para fotografar.

A culinária que mais me atraiu foi a japonesa, pela técnica envolvida, pelos detalhes minuciosos no preparo e esmero na produção. São pratos que dispensam facilmente o trabalho de food stylist.

marcio_palermo_foto_sashimi
Nem sempre é possível, mas gosto de saber o que vou fotografar antes, para “estudar” o caso. A culinária japonesa é milenar e traz consigo uma carga cultural enorme, e cada elemento, cada corte, cada arranjo, tem um significado. Procuro sempre observar bastante o prato a ser fotografado, de todos os ângulos possíveis e imagináveis, até encontrar o que chamo de ponto de ouro, onde os elementos estejam todos com seu devido destaque e luz e sombra equilibrados. Vou revelar um segredo. A melhor parte, depois de fotografar, é degustar os pratos.

Clique aqui para conferir o trabalho do fotógrafo Marcio Palermo.