Editora JBC Made in Japan Hashitag Mangás JBC AkibaSpace BMA

Gastronomia É Cultura

Evento-176
Foto: Rafael Salvador
eucomocultura
A iniciativa do Instituto ATÁ, apadrinhado pelo top chef Alex Atala pretende repensar a gastronomia como manifestação cultural.

Mais do que simplesmente reproduzir receitas, “precisamos aproximar o saber do comer, o comer do cozinhar, o cozinhar do produzir, o produzir da natureza” destaca o manifesto do Instituto ATÁ.

Colocar os ideais em prática não é tarefa fácil, mas com o movimento “Eu como cultura”, o ATÁ coloca em discussão um projeto de lei que visa inserir a gastronomia como parte da cultura brasileira. Dessa forma, é possível fomentar as pesquisas em gastronomia com apoio da Lei Rouanet, por exemplo.

O movimento pretende juntar pelo menos um milhão de assinaturas para um abaixo-assinado que será enviado ao Congresso Nacional para pressionar a votação do projeto de Lei 6562/13. O projeto consiste na incorporação da gastronomia à Lei Rouanet, proporcionando incentivos fiscais a quem apoiar projetos relacionados à gastronomia brasileira e já está em análise na Câmara dos Deputados desde 2013.

Reconhecer a gastronomia como parte da cultura de um país é fundamental para preservar a história e abrir novos caminhos para o desenvolvimento de profissionais envolvidos com a alimentação (de chefs a pequenos produtores).

Essa visão já pôde ser observada em outros momentos, como o reconhecimento da culinária tradicional japonesa como Patrimônio Cultural da Humanindade, pela UNESCO, em 2013 (veja mais aqui).

Para saber mais sobre o movimento, acesse www.facebook.com/institutoata/