Made in Japan Restaurantes Japoneses Hashitag Henshin Mangás JBC AkibaSpace BMA

Festival de sobremesas da Douce France

Praliné brésilien

Praliné brésilien, à base de mousse de chocolate, dacquoise de coco, cremoso de banana e praliné de castanha-do-Pará Gabriel Reis

Na confeitaria oriental contemporânea, as influências francesas são as que mais têm destaque. Todos os anos profissionais japoneses vão à França para aprender o berço do estilo da confeitaria ocidental e que deu origem ao yogashi (e que já apresentamos aqui neste outro post). No caminho inverso, grandes marcas francesas como Ladurée e Pierre Hermé conquistaram espaço no Japão e mostram que a confeitaria da França e do Japão andam de mãos dadas.

Fabrice Le Nud

O chef Fabrice Le Nud comemora 40 anos de profissão com festival de sobremesas na na Pâtisserie Douce France Gabriel Reis

“Os doces franceses agradam o paladar dos orientais justamente porque não são tão doces”, explica o chef pâtissier francês Fabrice Le Nud. Ele completa 40 anos de profissão em 2018 e, como forma de celebrar a data, convidou oito de seus ex-pupilos – Leticia Cruz, Caio Corrêa, Diego Andino, Ramiro Bertassin, Elson Dias, Nana Fernandes, Suzana Wascheck e Gumercindo Dal‘Acqua para participar de um festival de sobremesas comemorativas, que se alternam na vitrine da Pâtisserie Douce France até o dia 8 de dezembro. Cada sobremesa terá o preço fixo de R$ 18,90 e estarão à venda somente na Pâtisserie Douce France da Alameda Jaú.

“Na nossa casa, 25% dos nossos clientes são orientais, justamente porque oferecemos doces menos doces e que são parecidos com o que eles já conhecem”, conta o chef ao explicar que a confeitaria francesa tende a ser mais suave, diferente da tradição no Brasil que é de saturar os doces com muito açúcar, como na tradição portuguesa.

Em outubro, os destaque são as sobremesas dos chefs pâtissiers Gumercindo Dal‘Acqua (Emulzint – SP) e Nana Fernandes (Cristallo – SP). A sobremesa proposta pelo chef Gumercindo é a Praliné brésilien, feita à base de mousse de chocolate ao leite com dacquoise de coco, recheio de banana e praliné de castanha-do-Pará, que fica na vitrine da confeitaria até o dia 23 de outubro. A partir do dia 24, é a vez da chef Nana Fernandes (Cristallo – SP), que trará dois sorvetes especiais para a vitrine de Le Nud: Chocolate 54% com cumaru e laranja e Abacate com limão.

Gumercindo Dal‘Acqua

Sobremesa desenvolvida pelo chef pâtissier Gumercindo Dal‘Acqua Gabriel Reis

A parceria entre Fabrice e Gumercindo é de longa data, se conheceram em 2004 quando o chef francês deu um treinamento pra Gumercindo, que hoje é chef corporativo do departamento de marketing da Emulzit. Para Gumercindo, esse treinamento foi um divisor de águas em sua carreira, “acabamos criando um elo de ligação que dura até hoje” disse enfatizando que sempre teve apreço pela confeitaria francesa, e acrescentou, “quando conheci o chef, me redescobri como confeiteiro, o treinamento com ele abriu mais a minha mente”. Mesmo estando inserido no food service, o chef conta que precisa ter uma base muito sólida do que é a confeitaria artesanal para poder oferecer um mix de produtos pré-elaborados que atendam a necessidades dos confeiteiros. “Hoje participo da pesquisa e desenvolvimento do portfólio de receituários da Emulzit”.

Da época do treinamento, Fabrice já havia identificado o talento de Gumercindo, “ele foi o aluno mais assíduo da turma e percebi que ele tinha um cuidado especial com as sobremesas”, lembrou o chef francês.

Sobre Pâtisserie Douce France

Inaugurada em 2001 pelo casal Fabrice e Florinda Le Nud, a Pâtisserie Douce France tem atmosfera inspirada nas charmosas casas de chá parisienses e cardápio que reúne desde clássicos da viennoiserie francesa até sobremesas autorais, em que sempre combina técnicas arrojadas da pâtisserie francesa com ingredientes brasileiros. Todas as irresistíveis receitas que vão para a vitrine são elaboradas diariamente, de maneira artesanal, por Le Nud e sua habilidosa equipe. Eleita a melhor confeitaria da capital paulista pelas revistas Veja São Paulo, Época SP, Go Where Gastronomia e Guia da Folha, recentemente a Douce France conquistou o prêmio de melhor confeitaria do Brasil pela revista Prazeres da Mesa. Atualmente, a confeitaria conta com cinco unidades: a sede, na Alameda Jaú, três filiais na Aliança Francesa (Jardins, Faria Lima e Centro), e mais uma unidade no Centro Cultural FIESP.

Pâtisserie Douce France

Sede da Pâtisserie Douce France, na Alameda Jaú, em São Paulo. Gabriel Reis

Pâtisserie Douce France (Sede)

Endereço: Alameda Jaú, 554 – Jardins. São Paulo-SP
Telefone: (11) 3262-3542
Horário: De segunda a domingo, das 8 às 20h
Site: www.patisseriedoucefrance.com.br
Instagram: @patisseriedouce
Facebook: @patisseriedoucefrance