Made in Japan Restaurantes Japoneses Hashitag Henshin Mangás JBC AkibaSpace BMA

Empreendedorismo: Cupcake.ito

Cupcake.ito

Cupcake.ito busca adaptar as receitas ao paladar brasileiro Divulgação

Em 2010, foi a época do frozen yogurt; depois, em 2013, foi a vez das paletas. Provavelmente você se lembra de mais outros doces que viraram febre e logo saíram de cena. Sobreviver a essas ondas é um grande desafio para os empreendedores de gastronomia. Qual seria a receita para conseguir?

“Resiliência e foco no sabor principalmente, acreditando que no final quem trabalha com qualidade permanece”, afirma Daniela Luck, administradora e sócia do chef Mauricio Ito na Cupcake.ito. “Ao mesmo tempo em que o surgimento de várias marcas popularizou o produto, algumas delas pareciam estar mais preocupadas com a aparência do que com a qualidade e sabor dos produtos, ou seguiam um padrão americano, mais pesados, doces e algumas vezes até artificiais, não adequados ao paladar nacional”, continua.

Daniela destaca a atenção ao cliente como fator importante. “Mantemos o nosso atendimento o mais pessoal possível e estamos dispostos a fazer ajustes sempre que necessário. Já nos deparamos com muitos clientes que diziam não gostar de cupcake ou que se decepcionaram com eles no passado. E ainda há muita gente decepcionada, o que é uma oportunidade para nós. Ainda bem que conseguimos sempre reverter aquela percepção.”

‘Bolito’

A Cupcake.ito foi fundada em 2009. Na época, trabalhava apenas com encomendas; em 2012, inaugurou a loja física. “Entre 2007 e 2009, fizemos algumas viagens para os EUA e Europa em busca de ideias para um negócio que envolvesse alimentação. Deparamo-nos com a forte tendência de cupcakes nesses mercados. Como no Brasil também se consome muito bolo, acreditamos que seria possível investir em cupcake aqui, como um bolinho individual, prático, bonito e que, com receitas adaptadas ao paladar brasileiro, poderia fazer muito sucesso”, afirma Daniela.

A crença foi forte a ponto de o produto nomear o negócio. “Como cupcake foi nosso primeiro produto, queríamos deixar claro o nosso foco e também acreditávamos que o nome seria um diferencial competitivo em sites de buscas. Além disso, usar o sobrenome do Mauricio fazia a conexão com a origem e o cuidado japonês na produção, ao mesmo tempo em que para quem não fazia essa ligação, criava-se a ideia de ‘cupcake pequeno’, um ‘bolito de copito’.”

Cupcake.ito

A loja Cupcake.ito foi inaugurada em 2012 na Vila Olímpia Henrique Minatogawa


Na loja, localizada na Vila Olímpia, em São Paulo, a clientela é formada, basicamente, por funcionários dos escritórios da região. Por isso, apresentar mais opções de menu é um bom diferencial. “Já há alguns anos temos outros produtos além do cupcake, como cheesecakes, muffins, brownies e bolos, claro. Choux cream já era uma paixão nossa há algum tempo, muitos de nossos consumidores também já o conheciam e achávamos que seria bem recebido pelos que ainda não conheciam. Foi uma recepção bem legal. Nossos planos são de expandir ainda mais a linha de produtos e talvez valha a pena fazer adaptações que reflitam essas mudanças, tudo dentro de uma mesma marca”, conta Daniela.

Mercado corporativo

A Cupcake.ito tem forte atuação no mercado corporativo, fornecendo cupcakes personalizados para ações promocionais. “A Daniela atuava no mercado corporativo há cerca de 20 anos nas áreas de marketing e eventos, comprando brindes e A&B [alimentos e bebidas] para diversas atividades, então essa expertise foi muito importante para os primeiros contatos que fizemos já em 2009. [Essa atuação] Acabou sendo um caminho natural para nós e que nos deu escala. Os pedidos corporativos alimentam os pedidos pessoais e para eventos sociais e vice-versa”, afirma Mauricio.

Nesses eventos, os doces são decorados com as cores e logotipo da empresa contratante e distribuídos entre os convidados. “Tanto o cupcake quanto produtos como o brownie são presentes memoráveis pelo seu sabor; podem ser personalizados com a identidade da empresa, são muito práticos e, diferente de outros brindes, não viram tralha esquecida no fundo de uma gaveta. Percebemos o engajamento criado pelo feedback que recebemos dos presenteados, que muitas vezes se tornam novos clientes”, diz Daniela.

A prosperidade de um empreendimento depende muito de organização. Isso é especialmente notável na gastronomia, que requer certas habilidades específicas, em que muitas vezes uma contratação depende do fator pessoal, mas que deve cumprir prazos e obrigações como qualquer outro negócio.

Na Cupcake.ito, a divisão de trabalho é clara: o chef Mauricio cuida da confeitaria, enquanto Daniela trata da administração. “Sou sócia da loja desde o começo. Porém, antes de 2015, ainda estava no mercado corporativo e não conseguia me dedicar muito à loja. Cuidava somente das redes sociais e pedidos, trabalhando online, pois tinha que fazer tudo no tempo entre as viagens que fazia a trabalho. Já o Mauricio se desdobrava na produção, atendimento na loja, compras, administrativo, financeiro e todas as demais atividades locais. Ficou sobrecarregado. Não conseguíamos desenvolver produtos e muitas vezes perdemos o timing de resposta a pedidos. Percebemos que se eu não largasse a minha vida dupla e focasse na loja, dividindo melhor as tarefas com ele, nada seria feito bem o suficiente e certamente a nossa história seria outra. Seguimos ajustando essa divisão sempre que necessário”, afirma Daniela.

Assim, a Cupcake.ito está prestes a completar 10 anos, sem sinais de que a onda vai passar.

Cupcake.ito

Endereço: Rua Júlio Diniz, 93. Vila Olímpia, São Paulo-SP
Instagram: @cupcake.ito
Facebook: @cupcakeito