Made in Japan Restaurantes Japoneses Hashitag Henshin Mangás JBC AkibaSpace BMA

Degustando cultura

Haru_Sonia

Neste ano é comemorado 120 anos de amizade entre os países Brasil e Japão. A culinária japonesa já se encontra bastante conhecida entre nós (em sua forma tradicional ou com adaptações para o nosso paladar) e diversas formas de cultura, tais como mangá e anime, karaokê, judô e karatê, cosplay, arquitetura e jardins minimalistas, já são bastante apreciadas por aqui.

Vamos brindar esta relação de amizade? Para isso, nada melhor que um sake! Esta bebida alcoólica resultante de fermentação do arroz possui teor médio de 14% a 16% de álcool, e os ingredientes são: arroz, água, levedura e eventualmente álcool etílico. Não é permitida a adição de qualquer tipo de conservante na bebida pela legislação japonesa.

Todos nós conhecemos a fama que os japoneses têm de serem reservados e tímidos, mas com a ajuda do sake, a aproximação e comunicação entre eles rompe a barreira e sabemos muito bem da fama de bons bebedores. Nós temos uma cultura social mais calorosa e próxima, gostamos de sair com amigos, reunir a família, agitar um happy hour ou churrasco no final de semana.

Opa! E que tal degustar sake nesses eventos? Esta cara de estranhamento é muito comum, pois a bebida acabou sendo vinculada apenas à culinária japonesa.

Porém, sendo uma bebida mais neutra com os cinco gostos básicos (azedo, amargo, doce, salgado e umami) presentes, possibilita combinações muito além desta. Experimente os petiscos do bar que costuma beliscar com a cervejinha ou o churrasco e substitua por sake (principalmente os que possuem adição de álcool etílico e sem muito aroma).

Não esqueça de respirar algumas vezes antes de engolir para notar a mudança. A bebida fará a função de salientar o alimento e, após engolir, perceberá que a boca está refrescante e pronta para a próxima mordida.

Existem inúmeros tipos, estilos e rótulos de sakes, e alguns são dignos de serem apreciados sem nenhuma interferência de alimentos, mas são poucos os casos, pois esta bebida, conforme dita por muitos produtores, possui papel secundário e sua função é enaltecer o alimento. Vamos marcar um happy hour ou churrasco um dia desses?

Sonia Yuki Yamane é sommelier de saquê formada pela SSI (Sake Service Institute) e consultora da Haru Consultoria. Desenvolve projetos para restaurantes e bares, treinamentos, cursos, palestras e workshops, além de degustações.