Editora JBC Made in Japan Hashitag Mangás JBC AkibaSpace BMA

Degustação de Hondashi

eliane-kina-hondashi-full
A Chef Eliane demonstra a versatilidade do condimento foto: Rafael Salvador

Em homenagem ao 104º aniversário da Imigração Japonesa no Brasil, celebrado em junho, a Ajinomoto organizou uma degustação no espaço Viver Casa & Gourmet, em São Paulo.

A proposta foi mostrar que o Hondashi (tempero à base de peixe seco ralado) pode ultrapassar o uso na culinária japonesa.Mesmo para o mercado brasileiro, não foi considerada uma adaptação do nome, que “já é bem conhecido e colabora com o posicionamento do produto”, segundo Isabela Ambrifi, supervisora de marketing da Ajinomoto.

A chef Eliane Kina comandou a degustação. “Podemos conhecer outras culturas a partir da gastronomia”, disse. “Os japoneses tomam chá sem açúcar e equilibram comendo junto um doce. A cultura japonesa busca o equilíbrio”. Como exemplo, o yakisoba servido na degustação, temperado com Hondashi, não levava sal.

Eliane explicou que o tempero ajuda a ressaltar e recuperar o sabor dos alimentos, como no caso de peixe congelado; da mesma forma, combina com pratos que tenham como base aves ou carne vermelha. “E também na paella, moqueca e bacalhoada, entre outros”, indicou a chef.