Made in Japan Restaurantes Japoneses Hashitag Henshin Mangás JBC AkibaSpace BMA

Alimentando a alma pela TV

midnight tokyo stories

Cena de Midnight Diner: Tokyo Stories Netflix/Divulgação

A Netflix exibe duas séries japonesas de gastronomia que têm fisgado o público brasileiro pelo estômago. A primeira estreou em outubro de 2016, com dez capítulos. Trata-se de Midnight Diner: Tokyo Stories (Shin’ya Shokudô). No Japão, ela foi exibida pelo canal TBS entre 2009 e 2014, em três temporadas com um total de trinta capítulos. Trata-se de uma adaptação do mangá do mesmo nome, criado por Abe Yaro. Tudo acontece dentro de um izakaya que funciona a partir da meia-noite e segue até as 7 da manhã.

midnight diner tokyo stories

O Master, de Midnight Diner: Tokyo Stories Netflix/Divulgação

O dono é também o chef, chamado pelos clientes de Master. Uma de suas qualidades é ser um bom confidente, daqueles que sabem ouvir os dramas e sofrimentos das pessoas. Mas o chef vai além. Ele transforma sua resposta em belos pratos que massageiam a alma dos frequentadores de seu pequeno boteco.

Pelo horário de funcionamento, é possível imaginar o perfil da clientela: assalariados que perderam o trem, profissionais da noite, gente desiludida vagando pela noite, marginais e perdidos na vida. A novela é uma pequena radiografia das amarguras urbanas, regado a comida afetuosa. Resta-nos esperar pelos outros vinte capítulos ainda não liberados para a Netflix.

samurai gourmet

Samurai Gourmet Netflix/Divulgação

A outra série que a Netflix lançou em março de 2017 é também um live action baseado no original em mangá, criado por Kusumi Masayuki e Tsuchiyama Shigeru. Samurai Gourmet (Nobushi no Gurume).

Com doze episódios, a série narra a vida de um aposentado que, em seus dias de tédio, descobre que um de seus poucos prazeres pode ser a liberdade de escolher onde e o que comer e beber na hora que desejar.

Nessa busca, surge outro personagem, um alter-ego que transforma o aposentado em um samurai armado e vestido com armadura. Takenaka Naoto (que atuou em Shall We Dance?) interpreta o aposentado.

Nas duas séries, uma mesma mensagem pode ser captada: o ato de comer vai muito além de uma simples alimentação. Comer é um diálogo com a própria alma, a sua consciência e sua história. A comida tem o poder de unir pessoas, promover esperanças, restabelecer o prazer pelas coisas do cotidiano. Enfim, uma celebração de vida.

Leia mais sobre comida em quadrinhos aqui
Série: Samurai Gourmet

jotakahashi
Jo Takahashi foi consultor de arte e cultura na Japan Foundation, onde atuou por 25 anos como administrador cultural. Agora, migra essa experiência para a sua produtora independente, a Dô Cultural, que propõe um conceito design de formatar e desenvolver o projeto cultural.Acesse o JojoScope neste link